Como solicitar o seu Certificado Digital na OAB de São Paulo

A digitalização dos processos e o uso da tecnologia já não são novidades no Judiciário. Cada vez mais Comarcas estão aderindo ao processo eletrônico e, justamente por isso, é fundamental que o advogado providencie seu certificado digital.

Todo certificado digital é concedido por uma Autoridade Certificadora da Infraestrutura das Chaves Públicas (ICP-Brasil). Essas entidades cuidam não apenas da emissão do certificado, como também de toda a coleta de dados necessária para que haja a associação da pessoa física ou jurídica, ao conjunto de chaves criptográficas.

Esse processo é necessário para que exista a identificação autêntica e segura de uma pessoa no ambiente online, evitando assim fraudes.

No caso da certificação digital para advogados, a OAB é a entidade certificadora autorizada que cuida de todo processo de coleta de dados e emissão do certificado.

O primeiro passo para o advogado que deseja obter seu certificado, portanto, é procurar a OAB mais próxima e verificar o procedimento junto ao órgão.

Se você advoga em São Paulo e ainda não obteve seu certificado, confira o passo a passo para ter seu certificado digital o mais rápido possível – cedo ou tarde você vai precisar dele!

1º Passo: Compatibilidade da carteira da OAB

Todos os advogados que obtiveram sua carteira profissional até 2011 estão habilitados para receberem o certificado digital. Caso esse não seja o seu caso, é necessário solicitar uma nova carteira junto a OAB, com o modelo compatível com o certificado digital.

2º Passo: Acesso ao site

Feito isso, o profissional deve acessar o link no site da OAB/SP e formalizar o pedido do seu certificado digital. Durante o processo, alguns dados devem ser apresentados pelo profissional.

É importante que o profissional, ao solicitar ao seu certificado digital, esteja regular com a OAB antes mesmo de realizar seu pedido. Por isso cheque junto a entidade se não existem pendências financeiras ou outras.

3º Passo: compra do certificado e tolken

Na sequência o advogado deve adquirir seu certificado (R$85,00) e Tolkien (R$ 30,00) e a leitora (R$ 49,00).

É recomendável que o advogado sempre adquira seu Tolken, já que o certificado acoplado em sua carteira corre riscos de sofrer danos como o desgaste, ou ainda, ser perdido ou furtado. Como o Tolkien nada mais é do que pen drive que fica plugado no computador ou laptop do profissional, é mais difícil desses problemas acontecerem.

4º Passo: validação

Com a formalização do pedido e a compra do certificado, o advogado já pode agendar a validação nos postos de atendimento da OAB.

É muito importante que, ao validar seu certificado digital e receber sua senha, o advogado tenha muito cuidado ao memoriza-la. A senha do certificado é única, portanto, caso o advogado esqueça ou perca a sua senha, será preciso fazer um novo certificado e pagar novamente pelo procedimento.

Certificado em mãos. E agora?

Pronto, feito esse passo a passo, o advogado já conta com seu certificado e já pode atuar de forma totalmente online.

Com o certificado em mãos, note que serão necessárias algumas validações nos sites dos Tribunais, bem como, baixar determinados programas e usar navegadores específicos.

Para não perder tempo tendo que atualizar sua área de trabalho online constantemente, algumas soluções tecnológicas já estão disponíveis no mercado, permitindo que você use seu certificado com muito mais eficiência.

Quer saber mais? Entre em contato para solicitar um orçamento ou tirar todas as suas dúvidas sobre as soluções para advogados oferecidas pela Asta Soluções.

Share this post:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

19 − 6 =