Os 4 Erros mais comuns de advogados ao lidar com tecnologia

Se olharmos para os últimos dez anos não é difícil perceber como o dia a dia dos advogados mudou. Com a chegada da tecnologia, e principalmente do processo eletrônico, muitos profissionais precisam se adaptar suas rotinas fazendo o melhor uso dessas novas ferramentas.

Muitos profissionais ainda resistem e acham que a tecnologia na verdade chegou para dificultar o dia a dia dos escritórios de advocacia. No entanto, o que muitos não percebem é que pequenos erros, que podem ser facilmente corrigidos, acabam impedindo que profissionais capacitados transformem essas ferramentas em verdadeiros recursos para facilitar os procedimentos do escritório e também a própria vida do profissional.

Mas quais são esses erros ao lidar com a tecnologia?\

1. Demorar muito para adotar tecnologias e serviços emergentes

Folhas de andamento, scanners, recortes de diários oficiais, entre outras práticas, já se tornaram coisas do passado. No entanto, muitos escritórios ainda desperdiçam tempo e recursos porque simplesmente se recusam em investir em novas tecnologia.

Para muitos advogados, investir em softwares e outras ferramentas digitais ainda é um custo. No entanto, com o desenvolvimento da tecnologia, esses recursos vêm se tornando cada dia mais acessíveis, para escritórios de diferentes portes.

É necessário sair da zona de conforto e pesquisar uma solução que atenda às rotinas do escritório. Porém, não ignore o fato: elas existem e vários dos seus concorrentes já estão utilizando.

2. Não promover treinamentos para a equipe do escritório

Ter boas ferramentas e não saber como utilizá-las traz ineficiência e baixa produtividade para o seu escritório.

Adquirir um bom software e boas ferramentas digitais é o primeiro passo, sem dúvida. Porém, de nada adianta se sua equipe não receber o treinamento adequado de como operacionaliza-las no dia a dia.

A tecnologia serve sempre para facilitar, porém, quando mal utilizada, ou quando utilizada por pessoas que não foram capacitadas, ela acaba dificultando mais do que facilitando.

Por isso, é fundamental investir também em treinamentos e fazer com que eles se tornem acessíveis a todos os colaboradores do escritório.

3. Não entender como o certificado digital funciona

Nenhum advogado consegue escapar mais do certificado digital, já que essa “identidade digital” se tornou imprescindível para que atuar nos processos eletrônicos.

No entanto, muitos advogados ainda não têm clareza sobre como funciona o certificado digital e acabam cometendo erros como compartilhar o próprio certificado ou ainda não ter sua área de trabalho unificada para interagir com o certificado, sem que sejam necessárias inúmeras atualizações.

Hoje, já existem algumas ferramentas que possibilitam trabalhar com o certificado digital de forma fácil e rápida, sem colocar riscos dados importantes e informações confidenciais do profissional.

4. Não usar dois monitores

Com a realidade dos processos digitais, o uso de dois monitores também se tornou uma necessidade para os escritórios. No entanto, muitos advogados acreditam que se trata de um exagero.

Para peticionar, fazer o acompanhamento e realizar inúmeros atos processuais, não existem mais a necessidade das antigas pastas de acompanhamento que muitos escritórios mantinham.

Hoje, como o processo é todo online, facilita muito ter um segundo monitor para fazer o papel dessas pastas. Não se trata de um luxo e muito menos de um exagero no dia a dia dos advogados, pois com um segundo monitor é possível deixar as informações que precisam ser consultadas em uma tela e trabalhar na outra.

Para evitar cometer erros, procure explorar ao máximo as ferramentas que estão à disposição do profissional. Certamente elas podem facilitar o dia a dia do seu escritório de advocacia, além de trazerem mais produtividade, praticidade e eficiência para a prestação dos seus serviços.

Na dúvida, entre em contato com a Asta Soluções. Oferecemos soluções tecnológicas diversas para escritórios de advocacia e estamos sempre a par das principais novidades do segmento.

Share this post:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cinco × 2 =