3 Soluções de TI inovadoras para Coworkings

As soluções de TI para coworking são fundamentais, pois elas entregam aos clientes e usuários dos espaços a comodidade para que eles trabalhem em seus empreendimentos de uma forma mais inovadora.

Se considerarmos o quanto a tecnologia tem sido fundamental no desenvolvimento e na expansão dos negócios atualmente, temos a real dimensão da importância dos coworkings se equiparem com recursos e serviços de TI de última geração — a consultoria IDC aponta que a ‘transformação digital’ deve determinar o nível de crescimento dos negócios neste ano.

E a boa notícia é que nunca foi tão barato e rápido adquirir soluções de TI para coworkings como hoje. Segundo a IDC, sistemas e serviços baseados em computação em nuvem (infra, softwares e equipamentos virtualizados) tornam os custos baixos e aumentam a segurança da informação, ao mesmo tempo em que “democratizam” a utilização da tecnologia, até pouco tempo destinada a grandes players do mercado.

Pensando nisso, trazemos neste artigo três soluções de TI que não podem faltar em nenhum coworking. Continue lendo para conhecê-las!

1. Software de Gestão

Os softwares de gestão já são amplamente utilizados por empresas de todos os tamanhos e atuantes em todos os segmentos de mercado. Eles permitem controle total das informações, integram processos e dão aos gestores uma atuação mais analítica e estratégica (baseada em dados).

Dentro de um coworking, uma série de rotinas administrativas também precisam ser realizadas. E isso por mais que o espaço seja colaborativo e inovador, afinal, é preciso gerenciar o negócio, manter tudo sob controle e potencializar a lucratividade com custos controláveis.

Veja quais são os principais predicados de um bom software de gestão para coworkings:

  • Solução modular, com todas as funcionalidades gerenciais essenciais para o controle operacional;

  • Utilização na web, de fácil acesso, que dê aos gestores do espaço a facilidade de trabalhar mesmo quando não estiverem entre as quatro paredes do escritório;

  • Facilidade de integração de processos, atividades e rotinas; ou seja, a inserção de dados em um módulo alimenta os demais — ao dar baixa nas contas a pagar, o profissional responsável pelo financeiro têm o caixa automaticamente atualizado, por exemplo;

  • Um bom suporte do desenvolvedor, para garantir que o sistema estará sempre disponível e que eventuais gargalos sejam rapidamente identificados e tratados.

Atenção: devido a natureza diferenciada dos coworkings, o software de gestão deve ser desenhado especialmente para este segmento. Tentar adaptar um ERP desenvolvido para empresas “comuns” pode não ser uma boa ideia.

— Leia também: Segurança de Dados em Coworking: Por que se preocupar?

2. Servidor de Arquivos

Uma outra solução de TI para coworkings muito importante é o Servidor de Arquivos. Ela permite armazenar todos os tipos de arquivos (texto, áudio, vídeo, imagem etc.) de uma forma segura em um ambiente controlado.

Estamos falando de uma máquina (um computador) conectado à rede que tem como objetivo principal ser um local de armazenamento compartilhado de arquivos dos computadores. Uma “máquina principal” que fornece recursos às demais máquinas, chamadas de “clientes”.

Na prática, com um bom servidor de arquivo, o coworking pode transferir facilmente os arquivos armazenados nas estações de trabalho, controlar acesso ao conteúdo, realizar backups (cópias de segurança das informações), entre outras facilidades.

O servidor de arquivos também facilita o monitoramento dos dados do empreendimento, o que ajuda a melhorar a segurança da informação e evita fraudes ou perdas não intencionais de informações altamente relevantes para o negócio.  É também no servidor de arquivos que é possível implementar filtros de URL, ou seja, evitar a navegação em sites que contenham “armadilhas” virtuais.

3. Outsourcing de TI

Por fim, uma solução que pode fazer toda a diferença para os coworkings é a prática do outsourcing de TI. Ou seja, a terceirização de serviços e recursos tecnológicos, que deixam de ser de responsabilidade da empresa e passam a ser executados por um fornecedor especializado.

Como a atividade fim do coworking não é fornecimento de tecnologia, contar com um bom fornecedor pode ser útil para garantir poder tecnológico, contar com suporte especializado e manter os custos previsíveis e sob controle.

Entre em contato com a Asta Soluções para saber mais ou continue lendo outros conteúdos de nosso Blog – estamos sempre publicando conteúdo relevantes por aqui!

Share this post:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

16 + quinze =